Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner


Contato





3067292
Today1980
Yesterday2330
This week6538
This month46207

Mudanças no regulamento do Adestramento, você já conhece?
Provas, Resultados, News, ... - Gerais
Seg, 08 de Janeiro de 2018 08:01

As alterações aprovadas na Assembleia Geral da FEI afetam vários aspectos – composição das equipas, classificação Olímpica, controle das equipas durante os concursos, vestuário…, mas talvez a mais relevante seja a eliminação de três das quatro notas do conjunto.

 

No ano de 2018 surgem uma série de importantes alterações no Regulamento de Ensino.

Algumas das alterações são:

A eliminação de três das quatro notas do conjunto em todas as reprises em que ela existia. Não existirão notas para andamentos, impulsão, submissão – todas elas com coeficiente – passando a existir uma única nota para cavaleiro/ajudas (posição, assento do cavaleiro, correção e efeito das ajudas), que mantém o coeficiente 2. Esta era a proposta do documento elaborado pelo Grupo de Trabalho de Juízes de Dressage, considerando que as outras notas do conjunto já estavam contempladas em cada movimento.

Outra proposta que levantou alguma controvérsia e não foi aprovada foi a conhecida por “HiLoDrop”, que tinha como objetivo mudar as regras de julgamento das competições de Dressage introduzindo o descarte da maior e da menor nota. A mudança foi sugerida pelo grupo de trabalho de juízes de ensino da FEI (DJWG – Dressage Judging Working Group) e vinha sendo discutida nas reuniões técnicas.

Outra das novidades é que cada cabine  de juízes deve estar equipada com um botão e um sistema que permita a cada um informar com discrição ao juiz em C (presidente da prova) no caso da existência de sangue fresco no cavalo, claudicação, erro de vestuário ou equipamento inadequado, para que este proceda de acordo.

No artigo 418 do Regulamento Geral, “…em todas as provas das competições Internacionais e Nacionais de Ensino, o pegar nas rédeas a duas mãos é obrigatório”. Agora é permitido soltar uma mão para dar uma ligeira e rápida palmada no pescoço do cavalo no fim de um exercício bem executado para o felicitar, ou em casos de uma mosca, ajustar o vestuário, etc. Sem dúvida, se o cavaleiro deliberadamente pega nas rédeas com uma mão para conseguir mais impulsão do cavalo ou promover o aplauso do público, será considerada uma falta e reflectir-se-á nas notas de movimento e do conjunto. Apenas é permitido abandonar a pista a passo com rédeas soltas com uma mão apenas. Por último, nas Kürs haverá que ter em conta as diretivas para julgar estas provas, onde se reconhece que o conjunto pode executar movimentos e transições com uma mão, mas sem exagero, para incrementar o nível de dificuldade.

O emprego da voz seja de que maneira for, ruído de língua, isolado ou repetido, é considerada falta grave, que terá que ser tida em conta na nota desse movimento, como anteriormente, mas também na nota do conjunto.

A FEI aprovou a introdução da reprise Fresstyle Inter A/B, (Freestyle para a Medium Tour) que dependerá das comissões organizadoras.

FONTE: Equisport.pt

 
Banner
Banner
 
Banner
Banner
Thor - Cavalo Puro Sangue Lusitano - PSL

Cavalo treinado para fazer provas de rédeas, também faz adestramento, salto e longas cavalgadas. 

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+