Clube do Hipismo
criado em 3/3/2007
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
3160585
Today223
Yesterday465
This week2033
This month7697

Com nova montaria Rodrigo Pessoa vence nos EUA e essa semana Time Brasil disputa Copa das Nações
Provas, Resultados, News, ... - Internacionais
Ter, 27 de Fevereiro de 2018 09:22

Campeão olímpico brasileiro Rodrigo Pessoa montou Chaganus, adquirido em outubro de 2017, e que desponta como cavalo para as principais competições. No sábado, 4/3, o Time Brasil disputa Copa das Nações 4* na Flórida e enfrenta entre equipes top mundiais em ano de Jogos Equestres Mundiais. 

A 7ª das 12 semanas do Winter Equestrian Festival fechou com vitória do campeão olímpico brasileiro Rodrigo Pessoa, no Palm Beach International Equestrian, em Wellington, na Flórida (EUA). Foram 45 os conjuntos que largaram no GP FEI 2*, a 1.50 metro, entre os quais 12 habilitaram-se ao desempate e somente três voltaram a zerar o percurso.

Rodrigo e Chaganus, um oldenburger de 10 anos filho de Chacco Blue em Cartago de propriedade do cavaleiro, garantiu a vitória em 36s11. O alemão Wilhelm Genn com Dieta foi vice, 37s28, seguido pelo norte-americano Wilton Porter com Delinquent JX, 39s33. O tetracampeão brasileiro Senior Top Francisco Musa com Sharapova Império Egípcio, uma filha do lendário Baloubet du Rouet de 16 anos, emplacou em 4º lugar, com uma falta, no ótimo tempo de 34s96. Na sexta-feira, 22, Francisco e Sharapova Império Egípcio venceram a prova a 1.45 metro, disputa em que Rodrigo e Chaganus ficaram em 3º lugar.

Rodrigo adquiriu Chaganus no final de 2017 do brasileiro Yuri Mansur, que também está a postos em Wellington e entre outras classificações, no sábado, 24, ficou em 5º lugar no GP5*, principal disputa da semana, montando Babylotte. A vitória foi de Danielle Goldstein com Lizziemary representando Israel.

O top brasileiro comentou seu desempenho. “O Chaganus ainda é um pouco tenso e temos trabalhado para que ele se solte possibilitando melhor controle durante o percurso. É nisso que tenho focado de outubro para cá com trabalho de plano visando torná-lo mais flexível porque para subir de altura é preciso melhorar a condução", destacou o brasileiro campeão olímpico, tricampeão da Copa do Mundo e campeão mundial.

“Ele é um cavalo muito voluntarioso e ainda queremos segurá-lo um pouco. Mas é muito bom montá-lo e ele realmente quer saltar sem cometer faltas. Para mim os percusos limpos na sexta-feira e nesse domingo realmente foram importantes."

Brasil disputa Copa das Nações essa semana

Essa semana entre 28/2 e 4/3, o Winter Equestrian Festival prossegue com a oitava semana de competições e nível CSIO 4*. A principal disputa é a Copa das Nações no sábado, 3/3, com participação do Time Brasil formado por Yuri Mansur / Ditiky, Fabio Leivas / Tosca, Rodrigo Lambre / Velini e Francisco Musa / Catch Me Império Egípcio liderados pelo chefe de equipe Pedro Paulo Lacerda, diretor de Salto da Confederação Brasileira de Hipismo. A premiação é de U$ 150 mil. Já no domingo, 4/3, o ponto alto é o GP FEI 5* com U$ 205 mil em jogo.

Há oito dias, em 18/2, o Brasil foi vice-campeão do no CSIO5* "LONGINES FEI Jumping Nations Cup™ of the United States of America" em Ocala, na Flórida. A equipe verde amarela formada por Rodrigo Lambre / Coleman (0/4), Yuri Mansur / Inferno - (0/4), Felipe Amaral / Premiere Carthoes BZ - (8/0) e Fabio Leivas / Fox Trot VD Padenborre - (16/12 - descarte) fechou o GP, a 1.60 metro, disputado em duas voltas com 16 pontos perdidos - resultado que garantiu a medalha de prata ao quarteto brasileiro. A vitória foi do Canadá e Irlanda, time liderado por Rodrigo Pessoa e EUA ficaram em 3º lugar.

Para o hipismo mundial, o ano de 2018 tem seu ápice com os Jogos Equestres Mundiais realizados a cada quatro anos e que chegam a sua 8ª edição entre 11 e 23 de setembro, em Tryon, Carolina do Norte (EUA). O melhor resultado das equipes do Brasil na competição foram dois quartos lugares: 1994 em Haia, na Holanda e 2010 em Lexington, EUA, e na última edição na Normandia, França, o Time Brasil fechou em 5º lugar. Aos 19 anos, em 1998 na Itália, Rodrigo Pessoa foi campeão mundial. A disputa em Copa das Nações e outros GPs de 3*, 4* e 5* no 1º semestre de 2018 faz parte do processo de preparação e observação para formação para equipe brasileira nos Jogos.

 

 
Banner
Banner
 
Banner
Banner
Haras Itapuã

  

Criador do cavalo Brasileiro de Hipismo (BH) e Andaluz Brasileiro (AB)

Read more text
Qual é a sua idade?
 
Qual é o seu sexo?
 
O que você pratica?
 
Você e seu cavalo saltam que altura?
 
O que falta para o hipismo no Brasil?
 
No Brasil se pratica Hipismo com segurança?
 
home search Google+