África do Sul falha em se qualificar para as Olimpíadas de Tóquio, assim como Brasil – Áustria, França e Bélgica: batalha começa

A África do Sul não qualificou uma equipe para as Olimpíadas de Tóquio quando a última combinação restante não alcançou uma pontuação mínima exigida no Grande Prêmio do Mundo de Jumping Mechelen no sábado, sem mais chances antes do ano prazo final. O Brasil já havia desistido de sua oferta, deixando duas vagas para equipes, com Áustria, França e Bélgica, liderando a batalha por ingressos para Tóquio em julho.

Duas das três combinações sul-africanas alcançaram resultados de qualificação no início deste ano, mas Laurienne Dittmann em Don Weltino K, a última esperança restante para completar um resultado de equipe, recebeu 62,826% no Grande Prêmio, abaixo dos 66% mínimos exigidos.

Fonte: Dressage.news, tradução Google, clique aqui e veja a matéria original.

 

Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Antes desta última competição classificatória, a Áustria tinha uma ligeira vantagem no topo da classificação olímpica para ganhar uma equipe em Tóquio, com a França logo atrás e a Bélgica ainda em disputa.

Austrália, Brasil, Canadá, Dinamarca, Alemanha, Grã-Bretanha, Irlanda, Holanda, Portugal, Rússia, Espanha, Suécia, Estados Unidos e o Japão anfitrião já se classificaram para preencher 13 dos 15 lugares da equipe em Tóquio.

A África do Sul, única participante de uma eliminatória especial em outubro, e o Brasil, que conquistou uma das duas vagas de qualificação nos Jogos Pan-Americanos em julho, foram marcados para Tóquio. Nenhum país, no entanto, obteve pontuações qualificativas suficientes.

A campanha da África do Sul para o que esperava ser a primeira vaga de equipe olímpica do país foi liderada por Tanya Seymour, 35, e Ramoneur, garanhão de 17 anos, Oldenburg, que competiram no Rio de 2016 como indivíduo, o primeiro hipismo olímpico da África do Sul. .

Tanto ela como Gretha Ferreira, 30 anos, de Lertevangs Lavinia, égua dinamarquesa de Warmblood de 14 anos, obtiveram notas exigidas de qualificação de pelo menos 66% em dois GPs.

No entanto, Laurienne Dittmann, 48 anos, em Don Weltino K, 13 anos, castrado hanoveriano, e Nicole Smith, 28, em Chi La Rou, égua KWPN de 13 anos, cada uma obteve apenas um resultado de qualificação.

South-Africa dressage
Team South Africa qualified for the last team ticket for the Olympics in Tokio vlnr, Ingeborg Sanne, Tanya Seymour, Nicole Smith, Laurienne Dittmann, Gretha Ferreira CDI Exloo 2019 © FEI / Leanjo de Koster