Clube do Hipismo

Remate Santa Causa promete engajar crioulistas na próxima sexta-feira

Adquirir genética de alto nível e ao mesmo tempo contribuir com uma causa nobre, em prol da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana (RS). A oportunidade será dada ao mercado da raça Crioula na próxima sexta-feira, dia 24 de janeiro, às 20h30min, no Parque Agrícola e Pastoril do município, com transmissão ao vivo do Canal Rural.

O segundo remate Santa Causa: Solidariedade a Galope, promovido pela Estância Itapitocai e o Instituto Maragata, terá a participação das estâncias Nazareth, Paraíso, Princípio e Santo Ângelo, além do Nelore Golias. Estarão em pista 27 equinos Crioulos, três pôneis e objetos especiais doados por parceiros que também abraçaram a causa.

 

Onde hospedar (estabular) seu cavalo
Por falar em parceiros, a lista de voluntários engajados na realização do evento inclui profissionais e empresas que farão desde a decoração do recinto até o transporte dos animais. A batida do martelo, comandada por Pedro Bastos, a cargo da Tellechea & Bastos Leilões, também ganhará o reforço dos principais escritórios rurais, pisteiros e leiloeiros do mercado.

A exemplo do primeiro leilão, que arrecadou R$ 625,5 mil em janeiro de 2017, toda a renda será revertida aos setores de Maternidade e Pediatria do hospital que atende a 13 municípios da Fronteira Oeste, com abrangência de 530 mil pessoas. Os recursos serão administrados exclusivamente pelo Instituto Maragata, conforme demandas da instituição:

– Nossa ajuda não consiste em doar dinheiro. Faremos o pagamento direto dos fornecedores durante as obras e efetuaremos a compra dos equipamentos que forem necessários para a Santa Casa, o que traz a certeza de que os recursos estarão sendo bem aplicados – afirma o presidente do Instituto, João Gaspar Martins Bastos.  

GRANDE CAMPEÃO À VENDA

O maior destaque da oferta 100% beneficente será um cavalo que figura entre os maiores reprodutores da atualidade. Grande Campeão da Expointer 2004, Finalista do Freio de Ouro 2014 e Registro de Mérito da ABCCC, Índio da Escondida terá 90% de sua propriedade, que pertence à Estância Itapitocai, disponibilizada em cotas de 10%. Oportunidade não só para criadores, mas também para quem está começando a investir na raça:

– Será a grande oportunidade do ano de 2020. A família até então não disponibilizava coberturas do garanhão no mercado, e agora se desprende deste animal de exceção, pai de inúmeros finalistas do Freio, uma Terceira Melhor Fêmea da Expointer e uma Campeã Nacional de Paleteada – ressalta o leiloeiro Pedro Bastos.

O pagamento poderá ser feito de duas formas, ambas com quitação em um ano: em 15 parcelas (2+2+11) ou em três vezes (10% no ato, 40% em julho de 2020 e 50% em janeiro de 2021). Os compradores ficarão isentos da usual comissão de 8% sobre o valor da venda.

TEXTO: Estela Facchin

Arte oficial (Leilão Santa Causa)
Arte oficial (Leilão Santa Causa)