Integrar atletas de várias regiões, um objetivo atingido pela Copinha

Manaus (AM), São Paulo (SP), Campinas (SP), Santa Maria (RS), Limeira (SP), Coimbra (Portugal), Ibiúna (SP), são as cidades com atletas inscritos na Copinha que irão competir, se conhecer, saber da dimensão no nosso esporte, a Copinha foi feita para divertir a todos, de atletas a apaixonados, só tem que montar a pista e filmar.

Banner AryBotas

São centenas de hípicas e haras no Brasil e no mundo, escolinhas, com praticantes do hipismo salto, que por várias razões, a mais atual é a pandemia, não participam de provas, ou não tem chance de serem vistos, conhecidos.

É esse ecossistema que sustenta o “mercado do cavalo” gerando empregos, movimentando a indústria voltada ao cavalo, tratadores, treinadores, equipamento, roupa, veterinários, ração, e tantas outras coisas necessárias.

Essa é a raiz da copinha:

“A Copinha possibilita integrar o hipismo de todo o Brasil e outros países, mostrando os atletas, cavalos, treinadores, tratadores, hípicas e haras, expor que o nosso esporte existe e tem muita gente boa, quem sabe, nos ajude a unir mais não só atletas como “praticantes de final de semana”.

Você ainda não se inscreveu, então o que está esperando, a primeira etapa termina no dia 15 de junho: clique aqui e se inscreva.