Final Nacional da Paleteada apresenta seus campeões do ciclo

Luiz Alberto e Carlos - Crédito Fernando Spolavori

O ciclo da Paleteada 2020 pode ser resumido em uma palavra: gente. Em duplas, o gado foi paleteado por companheiros de lida, por mulheres, por campeões do Freio de Ouro, por amigos e irmãos, por gente que ama o Cavalo Crioulo. Essa atmosfera foi testemunhada por milhares de pessoas por meio das transmissões ao vivo feitas pela ABCCC, entre 8 e 11 de outubro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). A final ainda distribuiu R$ 30 mil em premiação.

Essa gente que respeitou o protocolo sanitário aplicado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), percorreu o ciclo em 51 etapas, a partir das quais foram ranqueadas 521 duplas – somando as duas forças. A final, por sua vez, mobilizou quase 200 dessas duplas e 650 cabeças de gado, em pouco mais de 30 horas de prova na pista mais importante do Cavalo Crioulo. Os jurados responsáveis por montar as classificações finais foram Júlio Hax e Renato Morrone (na 1ª fase da Força A), Leandro Amaral e Fabrício Barbosa (na fase final da Força A) e Gustavo Rodrigues e João Vitor Dutra, na Força B.

Antes de serem campeões da Força A, a dupla Luiz Alberto Martins Bastos, montando Cartilha 3725 da Tradição, e Carlos Silva Loureiro de Souza, montando Pioneira 3777 da Tradição, havia terminado a primeira fase na 2ª colocação. Porém, o salto à liderança se deu no domingo decisivo, quando os ginetes atingiram 87,50 pontos. Além do primeiro lugar, Carlos Silva Loureiro de Souza ainda garantiu o 4º lugar no pódio, desta vez com Guinther de Quadros Clós, que montou Itapitocai Epopeia 460. “É uma satisfação muito grande pra gente que é apaixonado, que está sempre tentando estar aqui entre os melhores. O nível é muito forte, é muito competitivo. Sem dúvidas, a gente depende de muita gente, depende do apoio da família, dos patrões, dos amigos. O Luiz Alberto, meu companheiro, merecia ser campeão há muito tempo. É extremamente dedicado, cavaleiro e foi quem fez o possível e o impossível para a nossa dupla estar no lugar mais alto do pódio”, agradeceu o campeão Carlos Loureiro de Souza, que ainda dedicou o título ao pai Gilberto Loureiro de Souza e ao seu “companheiro eterno” Aluízio Perez.

Nas primeiras voltas por entre porteiras, a dupla Leonardo Kruger Comis e Greice Fabiana Zacharias Gomes, que montaram respectivamente Que Fera 3303 da Tradição e Estrella do Itapevy, terminou a 1ª fase na segunda colocação, com 46,50 pontos. Porém, no domingo, a dupla conseguiu saltar à liderança, finalizando o certame com 76,25 de nota final. “Primeiramente, por ser um ano atípico e por ter aquela expectativa sobre acontecer ou não, é emocionante. Ainda mais pra gente que é apaixonado pelo Cavalo Crioulo, por estar no meio de amigos e por ganhar uma Força B que não é fácil. Ser campeã, principalmente aqui, em Esteio, nesta prova, é muito emocionante”, relatou a campeã Greice Fabiana.

Confira os resultados

FORÇA A

1º lugar
Luiz Alberto Martins Bastos montando Cartilha 3725 da Tradição e Carlos Silva Loureiro de Souza montando Pioneira 3777 da Tradição
Nota: 87,50

2º lugar
Emerson Luiz Barbosa Tomé Francisco montando Camb Quartela 522 e Guinther de Quadros Clós montando Camb Rubirosa 473
Nota: 84,75

3º lugar
Pedro Martins da Silva Móglia montando Percanta de Santa Thereza e Ramiro Raposo de Moura montando Pluma da Guajuvira
Nota: 79,00

4º lugar
Guinther de Quadro Clós montando Itapitocai Epopeia 460 e Carlos Silva Loureiro de Souza montando Itapitocai Salamanca 435

As demais colocações da Força A você confere clicando AQUI.

FORÇA B

1º lugar
Leonardo Kruger Comis montando Que Fera 3303 da Tradição e Greice Fabiana Zacharias Gomes montando Estrella do Itapevy
Nota: 76,25

2º lugar
Antonio Luis Martins Almada montando Hawai da GAP São Pedro e Gustavo Ferreira Domingues montando Fundamento de São Pedro
Nota: 73,13

3º lugar
Paulo Ricardo de Souza Lima montando FF Joia Rara e Floriano de Faria Corrêa montando Corticeira do Comaru
Nota: 70,88

4º lugar
Arthur Linhares Obino montando Farofa de São Pedro e Rafael Linhares da Silva montando Honduras da GAP São Pedro
Nota: 65,13

Foto: Fernando Spolavori/ABCCC/Divulgação
Texto: Redação ABCCC

Mais informações sobre a ABCCC

Site: www.abccc.com.br

Facebook: www.facebook.com/cavalocrioulooficial

Instagram: @cavalocrioulooficial