Criação nacional muito bem representada no Winter Equestrian Festival, o point do hipismo nos EUA

Eduardo Menezes e Magnolia Mystic Rose duplo destaque brasileiro nos EUA (Jacquie Porcaro - Haras Rosa Mystica)

Magnolia Mystic Rose, BH de 11 anos, integra a tropa de elite do medalhista pan-americano Eduardo Menezes em busca de uma vaga no Time Brasil em Tóquio. O Haras Rosa Mystica fechou 2020 como melhor criatório brasileiro nos rankings internacionais WBFSH World Ranking List e Hippomundo.

Começa nessa quarta-feira, 6/1, e segue até 4/4, o Winter Equestrian Festival 2021, no Palm Beach International Equestrian Center, em Wellington, na Flórida (EUA). A cada ano, a competição com 12 semanas de duração é a mais longa do mundo e distribui cerca de U$ 12 milhões em premiação. A participação brasileira costuma ser forte e esse ano não deve ser diferente, embora as participações pontuais de cavaleiros e amazonas vindos do Brasil serão menores devido às restrições de viagem impostas pela pandemia.

Por outro lado são diversos os cavaleiros top brasileiros em atividade nos EUA, entre eles, o cavaleiro olímpico Eduardo Menezes, integrante do Time Brasil medalha de ouro no Pan Lima 2019. Eduardo que passou o 2º semestre na Europa, agora disputa o Winter Equestrian Festival. A égua Magnolia Mystic Rose, Brasileira de Hipismo (BH) de 11 anos filha de VDL Zirocco Blue em Majorca Tok, criação do Haras Rosa Mystica, está entre as montarias de Eduardo e junto com o cavaleiro figura entre os candidatos a uma vaga no Time Brasil de Salto em Tóquio.

Na temporada 2020, Eduardo e Magnólia foram o único conjunto a garantir pista limpa em uma Copa das Nações 5*. No ano passado, as principais conquistas da dupla foram o 4º lugar no CSI4* em 30/1, 8º lugar no GP do CSI4* em 1/2, o 7º posto na Copa das Nações no CSIO5* com um único percurso limpo da equipe, em 16/2, o 5º lugar no GP5*, em 22/2, todas classificações conquistadas no Winter Equestrian Festival, o 4º lugar no CSI5* no Palm Beach Masters Open, em 14/3, também nos EUA, a 12ª colocação no CSI5* em Saint Tropez em 27/8, na França, o 4º posto no CSIO3* em Vejer de La Frontera, Espanha, em 29/11.

Graças ao desempenho de Magnólia, o Haras Rosa Mystica fechou 2020 com o melhor produto BH nos renomados rankings internacionais WBFSH World Ranking List – Breeders of Jumping Horses e Hippomundo. E, sem dúvida, são raros os produtos de criação nacional em busca de uma vaga no Time Brasil de Salto e Magnólia, a mais ilustre representante na atualidade. Nesse início de ano, Eduardo e Magnólia disputam as principais provas no Palm Beach Internacional Equestrian Center e devem integrar o Time Brasil na Copa das Nações em Ocala, entre 16 e 21/3. Já em abril, a dupla retorna para Europa, onde se junta ao grupo em observação final para formação do Time Brasil rumo a Tóquio.

Fonte: Carola May e Rute Araujo