COPA Virtual de Salto 2021 Clube do Hipismo

O vírus do herpes equino, que forçou o fechamento de eventos equestres em 10 países da Europa Continental, se espalhou para os Estados Unidos com um único cavalo infectado em uma fazenda em Ocala, Flórida, levando os organizadores dos shows da Flórida a imporem medidas de biossegurança e fixação sobre cavalos sendo embarcados. Até o meio-dia de quarta-feira, nenhum caso do vírus conhecido como EHV-1 foi relatado em qualquer feira de cavalos na Flórida.

Dois cavalos de Ocala que já estavam no Festival de Adestramento Global de Wellington para o evento da Copa do Mundo desta semana foram examinados por um veterinário, não mostraram sintomas, mas foram isolados em baias de quarentena separadas, onde a gerência disse ser “muita cautela”. Dois outros cavalos na viagem de quatro horas de Ocala foram informados de que não seriam admitidos no Centro Equestre Internacional de Palm Beach em Wellington.

O Centro Equestre Mundial em Ocala, onde cerca de 2.000 cavalos estão estabele- cidos para o circuito de inverno, impediu que os cavalos fossem enviados para o show, criando sua própria “bolha” que permitiria que as competições continuassem. Inscrições de outros eventos na Flórida, incluindo o Winter Equestrian e Global Dressage Festivals e o Ridge em Wellington, bem como o HITS em Ocala e Venice, Flórida, não foram aceitas.

Veja mais no artigo abaixo

Equine Herpes Virus Detected in One Horse in Ocala
Equine Herpes Virus Detected in One Horse in Ocala