Novos mercados e liquidez marcam primeiro semestre de vendas do Cavalo Crioulo

Cavalo Crioulo - Crédito Gustavo Rafael

O mercado do Cavalo Crioulo continuou aquecido neste primeiro semestre de 2021. A avaliação é do leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva. Na avaliação do dirigente, tendo em vista o atual cenário do país, em relação à continuidade da pandemia da Covid-19, o momento pode ser considerado excelente.

COPA Virtual de Salto 2021 Clube do Hipismo

Uma questão destacada pelo diretor da Trajano Silva Remates é o acesso a novos mercados, tanto dentro do Brasil quanto fora dele, durante o primeiro semestre de 2021. “Eram mercados que até então estávamos interagindo muito pouco, como, por exemplo, o da vaquejada”, pontua, lembrando das vendas de exemplares para o Nordeste brasileiro.

Silva ressalta também que outro ponto principal foi o grande volume de animais ofertados e comercializados neste período, em especial os de valores diferenciados. “Também vale salientar a liquidez nos leilões realizados que, inclusive, vem sendo maior do que no ano passado”, observa.

Foto: Gustavo Rafael/Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

 

Mais informações sobre a Trajano Silva Remates

Site: www.trajanosilva.com.br

 

Facebook: www.facebook.com/trajanosilva

Instagram: @trajano_silva_remates