Brasileiro e Internacional de Concurso Completo Equitação movimentam o Clube Hípico de Santo Amaro

O cavaleiro olímpico Marcio Appel apresentando nova montaria em casa no CHSA (Duílio Andrade)

Chegou a hora do Campeonato Brasileiro, Internacional 3* 2* e 1* e Copa Santo Amaro de Concurso Completo de Equitação – considerado um triatlo equestre com provas de adestramento, cross-country e salto – que agita o Clube Hípico de Santo Amaro (SP, entre 10 e 12/9, ainda como parte da programação de aniversário dos 86 anos do maior e mais completo clube de hipismo do país.

COPA Virtual de Salto 2021 Clube do Hipismo

Dentre os 74 inscritos, o evento conta com participação de cinco cavaleiros olímpicos: Serguei Fofanoff, o Guega, Gustavo Pagoto, Cel Jeferson Sgnaolin Moreira e os cavaleiros recém chegados de Tóquio Marcelo Tosi e Marcio Appel.

As duas principais séries são o Internacional 3* CCI3*-S (formato curto) e o Internacional 2* CCI2*-L (formato longo) e já valem como qualificativas técnicas para os Jogos Sul-americanos 2022 e Pan-americanos 2023. A armação do percurso de cross está a cargo do Oli Oliveira Rosa ao lado do assistente Leonardo Fernandes, bicampeão brasileiro amado top 2018/2019, que também vai competir na série 2* e é o grande responsável pela retomada do Concurso Completo de Equitação em Santo Amaro.

Curiosamente, o Clube Hípico de Santo Amaro, que em 1963 foi palco do cross country nos Jogos Pan-americanos de São Paulo, retomou o cross country em 2020, após um hiato de 30 anos sem concursos. “Retomar o Concurso Completo em Santo Amaro foi um grande desafio e só foi possível com todo apoio da diretoria, presidida por Alexandre Leonor. Há exatamente um ano, por ocasião das festividades dos 85 anos do CHSA, realizamos nossa primeira prova, em dezembro, tivemos o Campeonato Paulista, em maio e julho desse ano, duas Copas Santo Amaro e agora nosso primeiro Campeonato Brasileiro”, comenta Leonardo, diretor de Concurso Completo do CHSA, que confeccionou os obstáculos em sua fazenda em Bananal no interior de São Paulo.

O Campeonato Brasileiro com provas de 0.50, 0.70, 0.90 metro, Internacional 1* 2* e 3*, reúne iniciantes, amadores, jovens talentos e atletas do alto rendimento. Além do ranking internacional e nacional, também computa pontos para o ranking da Federação Paulista de Hipismo, ABHIR, Brasileiro de Hipismo e Olímpicos do Amanhã, projeto de fomento à base.

Patrocinam o evento: Limongi Engenharia, Sunny, Playmobil, Indusparquet, Dressur, The fit rider, CBH, FPH, ABCCH e ABHIR. 

Colaboração: Carola May