Primeira Morfologia Passaporte de Goiás leva mais oito animais à final da Expointer

Índio Mouro do Fundo da Serra - Crédito Fagner Almeida

Sob o sol e o céu azul do cerrado, reluziram os pêlos dos 44 Cavalos Crioulos que foram admitidos pelo técnico Heitor Cheuiche Coelho na 1ª Exposição Morfológica Passaporte realizada em Goiânia (GO), sob a organização do Núcleo Goiano de Criadores de Cavalos Crioulos. Após dois dias de demonstração das suas qualidades raciais na pista do Parque de Exposições da capital goiana, os exemplares, majoritariamente oriundos da região de expansão da Raça, foram finalmente posicionados na mais importante fila deste evento: a dos passaporteados à Morfologia Expointer. Os oito animais melhor avaliados pelo jurado Thiago Andreolla Persici garantiram seu espaço na grande final morfológica do Cavalo Crioulo.

De maneira geral, o jurado considera que houve paridade de qualidade entre fêmeas e machos nesta Exposição, tornando apertada a decisão do Melhor Exemplar da Raça, quando os melhores de cada categoria se enfrentam. Destacaram-se na competição os animais mais jovens, fenômeno que vem ocorrendo com frequência nas competições do ciclo e que é uma demonstração da evolução da raça.

Em uma fila composta por animais de Goiás, Rio Grande do Sul e Paraná, a Campeã Égua Menor Melosa do Rosal foi quem ponteou a ordenação da categoria Fêmeas. De pelagem colorada, Melosa foi preferida pelo jurado por mostrar-se “um animal de uma composição impecável e uma égua que, na sua composição, denota equilíbrio, feminilidade e bastante pureza racial”. Para ele, Melosa do Rosal vinha com uma apresentação muito boa desde a sua primeira exibição em pista, executando as três andaduras. Acrescentando mais às suas características, Thiago Persici colocou-a como “uma colorada douradilha sem excessos, sem faltas, com boa distribuição, uma linha superior sem nenhum acúmulo e bem demarcada, boa musculosidade e um pescoço extremamente limpo”. Filha de Basco Vale Quatro com Ponta Fina Minasuerte, a égua é o RP 105 da Fazenda Rosal do Cruzeiro, de Palmas (PR).

Na categoria Machos, indicado pelo jurado como um cavalo racialmente muito correto, o Grande Campeão foi o Potranco Menor Índio Mouro do Fundo da Serra. As considerações do jurado sobre o exemplar foram de que ele é “um potrilho de tronco consistente, de muito boa costela, linha superior correta com boa e alta musculatura, um bom nível de aprumos e cabeça extremamente expressiva”. O andar e a preparação do animal foram pontos positivos da sua performance em pista, segundo Thiago Persici: “Caminhou muito bem, e todas as vezes que ele parou no centro da pista, foi com imponência. Por essa qualidade, vivacidade e correção da apresentação, ele foi agraciado com o Grande Campeonato”, declarou o jurado. Índio Mouro, filho de JLS Hermoso e Estancieira do Fundo da Serra, é o RP 46 da Cabanha Fundo da Serra, de São Joaquim (SC).

Promovendo seu primeiro evento oficial pouco antes de o mundo “parar” por conta da pandemia de coronavírus, foi somente agora, no ciclo de 2022, que o Núcleo Goiano de Criadores de Cavalos Crioulos teve a chance de realizar a sua aguardada Morfologia Passaporte. Presidente do NGOCCC, que foi inaugurado há apenas cinco anos, Victor Barbosa Penner tem altas expectativas em relação ao núcleo: “É um núcleo novo, mas que vem crescendo fortemente. Depois da segurada que a pandemia deu, estamos voltando com força total, com sócios novos investindo em animais de qualidade. Acho que o Núcleo de Goiás tem tudo para ser um núcleo de sucesso na Raça”, conta.

O Passaporte deste final de semana foi uma boa demonstração desta prosperidade que se espera para o futuro: o evento foi capaz de integrar crioulistas de diversos estados do Brasil e contou com a participação da ABCCC em diversas frentes, tendo o apoio do expansionista lotado em Goiânia Bruno Pereira Marques antes, durante e depois do evento, assim como a presença da diretoria, representada pelo vice-presidente de Núcleos e Expansão, Fellipe Boratto, ao longo de toda a programação.

Confira o resultado

FÊMEAS

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeã
MELOSA DO ROSAL
Criador: SADY MARCONDES LOUREIRO NETO, Expositor: SADY MARCONDES LOUREIRO NETO, Estabelecimento: FAZENDA ROSAL DO CRUZEIRO, Palmas (PR)

Reservada Grande Campeã
DAVINA DE QUARACI
Criador: ROSALIE TAVARES NEGRINI JONES, Expositor: ROSALIE TAVARES NEGRINI JONES, Estabelecimento: CABANHA QUARACI, Santa Cruz Do Sul (RS)

Terceira Melhor Fêmea
ZINGARA DA ESTRELA REAL
Criador: THIAGO E MARCELO HERNANDEZ, Expositor: LUIS CARLOS KOCZKODAY, Estabelecimento: CABANHA CRIOULOS DE LOS BUENOS, São Francisco De Paula (RS)

Quarta Melhor Fêmea
GAMELEIRA FLOR DE LIZ
Criador: VICTOR BARBOSA PENNER, Expositor: VICTOR BARBOSA PENNER, Estabelecimento: CABANHA GAMELEIRA, Goiânia (GO)

MACHOS

Grande Campeão
INDIO MOURO DO FUNDO DA SERRA
Criador: CRISTIANO SOUZA DA ROSA, Expositor: CRISTIANO SOUZA DA ROSA, Estabelecimento: CABANHA FUNDO DA SERRA, São Joaquim (SC)

Reservado Grande Campeão
PERGAMINHO DO RIBEIRÃO BONITO
Criador: ARISON JUNG, Expositor: ARISON JUNG, Estabelecimento: CABANHA RIBEIRÃO BONITO, Guarapuava (PR)

Terceiro Melhor Macho
BASCO UBICADO
Criador: MARIANA FRANCO TELLECHEA E FILHOS, Expositor: JOÃO ADRIANO DA SILVA, Estabelecimento: CABANHA DOS COQUEIROS, Professor Jamil (GO)

Quarto Melhor Macho
CAMPEIRO 11 DA TERRA CATARINA
Criador: ALEXSANDER LIMAS, Expositor: ALEXSANDER LIMAS, Estabelecimento: CABANHA TERRA CATARINA, Rio Negrinho (SC)

Fotos: Fagner Almeida/Divulgação
Texto: Redação ABCCC

 

Mais informações sobre a ABCCC

 

Site: www.abccc.com.br

Facebook: www.facebook.com/cavalocrioulooficial

Instagram: @cavalocrioulooficial

Advertisements